Viagem a um Reino Maravilhoso

by Lavoisier

/
  • Streaming + Download

    Includes unlimited streaming via the free Bandcamp app, plus high-quality download in MP3, FLAC and more.
    Purchasable with gift card

      €10 EUR  or more

     

  • Record/Vinyl + Digital Album

    Limited edition 300" Vinyl
    Gatefold LP 140-gram Heavyweight Vinyl Album with 11" x 11"

    AR-1001

    Includes unlimited streaming of Viagem a um Reino Maravilhoso via the free Bandcamp app, plus high-quality download in MP3, FLAC and more.
    ships out within 7 days
    edition of 300 

      €30 EUR or more 

     

1.
02:25
2.
A Um Negrilho Na terra onde nasci há um só poeta. Os meus versos são folhas seus ramos. Quando chego de longe e conversamos, É ele que me revela o mundo visitado. Desce a noite do céu, ergue-se a madrugada. E a luz do sol aceso ou apagado É nos seus olhos que se vê pousada. Esse poeta és tu, mestre da inquietação Serena! Tu, imortal avena Que harmonizas o vento e adormeces o imenso Redil de estrelas ao luar maninho. Tu, gigante a sonhar, bosque suspenso Onde os pássaros e o tempo fazem ninho! in Diário VII, 1956
3.
Instrução Primária Não saibas: imagina... Deixa falar o mestre, e devaneia... A velhice é que sabe, é apenas sabe Que o mar não cabe Na poça que a inocência abre na areia. Sonha! Inventa um alfabeto De ilusões... Um á-bê-cê secreto Que soletres à margem das lições... Voa pela janela De encontro a qualquer sol que te sorria! Asas? Não são precisas: Vais ao colo das brisas, Aias da fantasia... in Diário IX, 1964
4.
04:21
Viagem Aparelhei o barco da ilusão E reforcei a fé de marinheiro. Era longe o meu sonho, e traiçoeiro O mar... (Só nos é concedida Esta vida Que temos; E é nela que é preciso Procurar O velho paraíso Que perdemos.) Prestes, larguei a vela E disse adeus ao cais, à paz tolhida. Desmedida, A revolta imensidão Transforma dia a dia a embarcação Numa errante e alada sepultura... Mas corto as ondas sem desanimar. Em qualquer aventura, O que importa é partir, não é chegar. in Câmara Ardente, 1962
5.
Coroai-me de Espinhos... Lírios, já não, que me parecem luzes De luto. Rosas, pior, que são a burguesia Das flores No apogeu. Tojos arnais, apenas. Cilícios vegetais Sobre a fonte de quem Tem nojo das carícias do presente. Tojos arnais, até que possa alguém Ser poeta e ser gente. Miguel Torga in Cântico do Homem, 1950
6.
04:17
Dies Irae Apetece cantar, mas ninguém canta. Apetece chorar, mas ninguém chora. Um fantasma levanta A mão do medo sobre a nossa hora. Apetece gritar, mas ninguém grita. Apetece fugir, mas ninguém foge. Um fantasma limita Todo o futuro a este dia de hoje. Apetece morrer, mas ninguém morre. Apetece matar, mas ninguém mata. Um fantasma percorre Os motins onde a alma se arrebata. Oh! maldição do tempo em que vivemos, Sepultura de grades cinzeladas, Que deixam ver a vida que não temos E as angústias paradas! in Cântico do Homem, 1950
7.
04:53
Frustração Foi bonito O meu sonho de amor. Floriram em redor Todos os campos em pousio. Um sol de Abril brilhou em pleno estio, Lavado e promissor. Só que não houve frutos Dessa primavera A vida disse que era Tarde demais. E que as paixões tardias São ironias Dos deuses desleais. in Diário XV, 1990
8.
04:18
Êxtase Terra, minha medida! Com que ternura te encontro Sempre inteira nos sentidos, Sempre redonda nos olhos, Sempre segura nos pés, Sempre a cheirar a fermento! Terra amada! Em qualquer sítio e momento, Enrugada ou descampada, Nunca te desconheci! Berço do meu sofrimento, Cabes em mim, e eu em ti! in Diário XI, 1973

about

A partir dos poemas de Miguel Torga, os Lavoisier apresentam um álbum conceptual, composto por e para duas vozes, uma guitarra e várias frequências que traduzem o som encontrado na poesia do escritor natural de São Martinho de Anta, Sabrosa, Vila Real.

Construído a partir da residência artística levada a cabo em terras transmontanas, com viagens inspiradas pelos roteiros que Torga delicadamente traçou, o duo ouviu a melodia escondida na palavra do escritor e partiu em busca do seu significado. Ouviram a terra, o vento, o negrilho e a torga, captaram os seus sons e todo o seu envolvimento com a Natureza, percepcionando o imaginário de um espaço que só Trás-os-Montes consegue dar. Aqui, transformaram paisagens sonoras em poesia cantada, retratando uma viagem de olhar atento sob um “reino maravilhoso”.

O disco conta com a participação dos alunos do Conservatório Regional de Música de Vila Real, que se apresentam como Orquestra Fantástica do Futuro de Vila Real, e do artista sonoplasta João Bento, ambos presentes também no disco.

Composto por 8 temas, foi gravado e misturado por José Fortes, conta com o apoio da Fundação GDA e é editado com chancela discográfica da editora Armoniz.


*

Viagem a um Reino Maravilhoso (Travel into the Wonderful Kingdom) is the name of Lavoisier's latest album.
It's a conceptual album based on the work of the Portuguese writer and poet Miguel Torga, from the northeast region of Portugal called Trás-os-Montes, that he, so dearly used to refer as a "Wonderful Kingdom" (Reino Maravilhoso).
Built with eight songs, with seven poems , this album was recorded by José Fortes, considered one of the most important sound technician of all times in Portugal, having already worked with names such as: Carlos Paredes, Zeca Afonso and Amália Rodrigues. João Bento (sound and visual artist) and the "Orquestra Fantástica do Futuro" students from the regional Conservatory of Music from Vila Real, have also contributed with their work for this album.
Released on November 4th, "Viagem a um Reino Maravilhoso" was supported by GDA Foundation and came out by Armoniz label, which have firmed its place in the industry with the reissues of albums like the homonymous "Quarteto 1111" and "Blackground" from Duo Ouro Negro.

credits

released November 4, 2019

Poemas de Miguel Torga
Música por Lavoisier - Roberto Afonso e Patrícia Relvas
Retratos sonoros e theremin: João Bento

Orquestra Fantástica do Futuro de Vila Real:
Helena Liberato (flauta transversal)
Pedro Miranda (saxofone barítono)
Nuno Martinho (saxofone alto)
Paulo Dias (clarinete)
João Mafra (bateria)
Raúl Eira (vibrafone e percussão)
Carolina Silva (piano)
Alexandra Varela (piano)

Técnico de som: José Fortes

Convite feito pela Cooperativa Cultural Transa e Covilhete na mão
Apoiado pela Fundação GDA
Editado pela Armoniz
Apoio do Conservatório Regional Música de Vila Real e Espaço Miguel Torga

license

all rights reserved

tags

about

Lavoisier Lisboa, Portugal

In Nature, there are no losses; there is no creation, only transformations…” Lavoisier.

contact / help

Contact Lavoisier

Streaming and
Download help

Redeem code

Report this album or account

If you like Lavoisier, you may also like: